• Novidades

    sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

    Juiz determina área para manifestantes e proíbe o acompanhamento do MST durante julgamento de Lula em Porto Alegre

    Recurso do ex-presidente será julgado em segunda instância em 24 de janeiro de 2018.

     juiz federal Osório Ávila Neto determinou que seja estabelecida uma área onde os manifestantes deverão ficar nas imediações do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, no dia do julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em segunda instância, em 24 de janeiro de 2018. O magistrado ainda citou que deverá haver um isolamento para o trânsito nas vias próximas ao prédio.

    Em maio, durante o primeiro depoimento de Lula como réu em Curitiba, as autoridades do Paraná montaram um esquema de segurança em função das manifestações de apoiadores e grupos contrários ao ex-presidente.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    IPTV Brasil

    IPTV Portugal

    IPTV EUA