• Novidades

    domingo, 14 de maio de 2017

    Veja imagens do Fuchsia, o novo sistema do Google que pode substituir o Android

                 Veja imagens do Fuchsia, o novo sistema do Google que pode substituir o Android
    Matéria completa:
    https://canaltech.com.br/noticia/google/veja-imagens-do-fuchsia-o-novo-sistema-do-google-que-pode-substituir-o-android-93356/
    O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.
       

    Em agosto de 2016, uma novidade pegou muita gente de surpresa: um repositório de códigos do Google chamado Fuchsia trazia a expressão “sistema operacional” em meio às várias linhas de comando. Na época, aventou-se a possibilidade de um substituto para o Android, mas poucas novidades surgiram a respeito dele desde então. Isso até hoje, quando começaram a circular screenshots da interface gráfica do novo SO.

    Ao contrário do Android e do Chrome OS, o Fuchsia não é um sistema baseado no Linux, adotando um kernel desenvolvido pelo próprio Google chamado Magenta. Outra novidade deste que pode ser o terceiro sistema operacional da empresa diz respeito às licenças de uso dele: em vez da tradicional GNU Public License (GPL), o Google adota uma mistura das licenças Apache 2.0, MIT e BSD 3 Clause.

    Interface Armadillo

    As imagens veiculadas hoje pelo site Ars Technica mostram a interface Armadillo em ação. Segundo a publicação, a parte gráfica do sistema é escrita com o kit de desenvolvimento Flutter, que é multiplataforma. Nas fotos, é possível ver um sistema que se adapta bem a diversos tamanhos de tela e pode cair perfeitamente bem em smartphones, tablets e computadores.

    Matéria completa:
    https://canaltech.com.br/noticia/google/veja-imagens-do-fuchsia-o-novo-sistema-do-google-que-pode-substituir-o-android-93356/
    O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    IPTV Brasil

    IPTV Portugal

    IPTV EUA